Yomitai – Estação Multimídia

Notícias

30.12.23

Estreia do Kouhaku Utagassen ocorreu em 1951 pelas ondas de rádio da NHK

Sempre que o ano se aproxima do fim, os amantes da música japonesa começam a criar certa expectativa para saber quem serão os artistas confirmados para o Kouhaku Utagassen, famoso programa da TV japonesa NHK.

Apesar de ser popularmente conhecido por sua transmissão na TV, o primeiro programa musical foi transmitido pelas ondas do rádio, com estreia em 3 de janeiro de 1951. Atualmente, o Kouhaku Utagassen pode ser visto em mais de 92 países ao redor do mundo.

O artista que estreou os microfones do Kouhaku Utagassen foi Sugawara Tsuzuko que, ao começar a cantar nos estúdios da rádio, emocionou os ouvintes espalhados por todo o país e congestionou as linhas telefônicas da emissora, com diversas mensagens do público.

No ano seguinte, o Kouhaku Utagassen passou a ter 90 minutos de programa e não havia periodicidade definida. Dessa forma, em 1953, ocorreram duas edições do evento musical: a primeira transmitida no início do ano, em 2 de janeiro, e a outra, em 31 de dezembro.

Em 1954, houve a primeira transmissão do Kouhaku Utagassen pela TV, perante um público que acompanhou as apresentações dos artistas, ao vivo, em plena véspera de Ano Novo, o que se transformou em uma tradição até os dias atuais.

 

Misora Hibari e o início da era da televisão

O 5º Kouhaku Utagassen foi marcado pela primeira participação da cantora Misora Hibari, com a canção “Hibari’s Matelot”. Três anos depois, em 1957, a artista marcou o verdadeiro início da era da televisão no Japão.

Naquele ano, Hibari participou do Kouhaku Utagassen pela segunda vez. Tamanha era a sua fama na época, que foi honrada como a última artista a se apresentar, o que a garantia o posto de artista mais popular do país.

 

Novas gerações de artistas

Com o passar dos anos, a maioria dos cantores proeminentes da pré-guerra já haviam se retirado de cena, o que marcou uma mudança geracional dos artistas japoneses. No início da década de 1960, o Kouhaku Utagassen já havia se tornado o maior evento de toda a indústria musical do Japão.

Já em 1989, Misora Hibari, conhecida como a rainha da música popular japonesa do pós-guerra, morreu. Na edição ocorrida naquele ano, o programa contou com uma duração de 4h25min, com transmissão das 19h20 às 23h45.

Na primeira parte do programa, celebridades comentavam sobre músicas que falavam sobre a história do pós-guerra no Japão. Além disso, também foi apresentado um boletim de notícias durante cinco minutos. A segunda parte do evento contou com a apresentação de canções de sucesso do ano.

 

Equipes Vermelha e Branca

No Kouhaku Utagassen, os cantores participantes são divididos em duas equipes, a Vermelha, das mulheres, e a Branca, dos homens. A aparição dos artistas no programa da NHK significa um marco na carreira, além da conquista de uma reputação para o resto da vida.

Entre os artistas escolhidos para cada edição do programa, estão aqueles que fizeram grandes promoções durante o ano. Além de ouvir o público, através de enquetes e pesquisas, a NHK também leva em consideração o desempenho e a popularidade dos cantores para concluir a seleção de participantes.

Depois de anunciar os artistas confirmados para o Kouhaku Utagassen, a emissora também divulga a ordem das apresentações de cada artista. Dessa forma, se um cantor aparecer no final do programa, significa que sua popularidade é alta no país.

Em 2017, o programa foi reconhecido pelo Guinness World Records, como a competição anual de música na TV mais antiga de um único país. O Kouhaku Utagassen se tornou uma tradição nas famílias japonesas, que se reúnem na véspera do Ano Novo para assistir as atrações em conjunto.

 

74º Kouhaku Utagassen

Este ano, a emissora anunciou a lista oficial de participações na 74ª edição do programa, em 13 de novembro. Nela, um total de 44 artistas, entre velhos conhecidos, além de uma nova geração de cantores foram convidados para entreter os espectadores.

Confira a lista divulgada pela emissora:

Comentários