Yomitai – Estação Multimídia

Notícias

29.06.18

Com quase 250 mil visualizações, clipe de “Arigatô Brasil” conquista nikkeis e brasileiros

Composta por Joe Hirata e Julinho Bogajo, música é tema dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil

O videoclipe do tema oficial das comemorações dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil já alcançou quase 250 mil visualizações desde a sua publicação, no dia 24 de junho, às 19 horas, no canal Arigatô Brasil, que leva o nome da música, no Youtube.

Composta por Joe Hirata e Julinho Bogajo, a música já caiu na boca do público frequentador dos festivais de cultura japonesa, mas Hirata almeja muito mais com a repercussão do videoclipe.

Inicialmente lançado na versão em português, a música “Arigatô Brasil” terá sua segunda versão em japonês, escrita por Chika Ebisawa, Franci e Akemi Matsuda, que será lançado no próximo domingo, dia 1º de julho, às 9 horas, horário de Brasília, também pelo canal no Youtube.

Em entrevista exclusiva ao portal Yomitai, Joe Hirata contou que desde 2017 tinha intenção de compor uma música para apresentar à Comissão dos 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil, para que fosse utilizado de alguma forma.

– Fiquei pensando qual era o sentimento que queria colocar nessa música. Hoje já se passaram 110 anos e somos filhos, netos, bisnetos. Os remanescentes dos imigrantes que vieram compõem um número muito pequeno. A única coisa que pensei foi em gratidão ao Brasil por ter acolhido a comunidade há 110 anos – revelou Hirata.

Segundo Joe Hirata, a música uniu vários instrumentos, como o violino, coral de vozes, percussão de escola de samba, além da base com a banda. A gravação em estúdio foi feita com todos os instrumentos tocando ao vivo, o que resultou em um grande e encorpado arranjo musical.

– Foi um trabalho muito grande, além do que a gente imaginava, mas foi graças à essas pessoas que participaram com a gente – agradeceu Hirata.

A GRAVAÇÃO DO VIDEOCLIPE

Produzido pela Movie Heads, o videoclipe de Arigatô Brasil, que contou com apoio de Kazuo Kinjo, na produção, está repercutindo cada vez mais nas redes sociais, dentro e fora da comunidade japonesa.

Com cerca de 150 figurantes, entre eles os grupos de danças tradicionais japonesas, taikô, coralistas, músicos e a escola de samba Água de Ouro, a gravação foi feita em apenas um dia, contando com a disciplina de cada uma das pessoas.

– Foi uma operação de guerra porque começamos a gravar às 8 da manhã e terminamos às 23h30, então foi um trabalho que, normalmente, demandaria, pelo menos, dois dias, mas deu tudo certo – contou Joe Hirata.

Disciplina contribuiu para o sucesso do trabalho

Para as gravações do videoclipe de Arigatô Brasil, Joe Hirata e sua equipe contaram com grande apoio e dedicação dos grupos convidados a participar do projeto, através da disciplina de cada integrante, tal qual foi comentário entre os brasileiros presentes:

– A produtora ficou admirada com a disciplina de todos estarem lá antes do horário marcado. O pessoal comentou que até os japoneses do Brasil são bem disciplinados e foi uma coisa bem coordenada – comentou Joe, ressaltando, inclusive, sua gratidão à produtora, que entregou além do trabalho que se comprometeram a fazer.

  • Bastidores da gravação do videoclipe de Arigatô Brasil (Foto: Divulgação)
  • Bastidores da gravação do videoclipe de Arigatô Brasil (Foto: Divulgação)
  • Bastidores da gravação do videoclipe de Arigatô Brasil (Foto: Divulgação)

LEGADO

Ao partir para a composição da música tema dos 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil, Joe Hirata pensou além da intenção de transmitir o sentimento de gratidão ao Brasil, pela receptividade e acolhimento do povo perante os japoneses.

– O brasileiro conhece bem a palavra “arigatô”, mas não conhecem a palavra “domo”. Após o clipe viralizar, quando o brasileiro falar para um japonês “domo arigatô”, significa que nós alcançamos essa pessoa, virou um jargão – explicou Hirata.

Atuante no mundo artístico há 20 anos, Joe Hirata explica que a música é uma espécie de gatilho na memória das pessoas e, ao ouvir uma música que marcou certa época da vida, é possível resgatar o momento em que se ouviu aquela canção.

– Nós queremos que, daqui 10 anos, qualquer pessoa que ouvir a música “Arigatô Brasil” comece a cantar e fale “É a música dos 110 anos!”. A ideia é trazer aquela lembrança, portanto estamos trabalhando para que a música viralize e isso traga essa recordação daqui a alguns anos – almejou Hirata, que emendou:

– A expectativa é de não só deixar esse gatilho da memória para daqui alguns anos, mas também que esse jargão caia na boca do brasileiro, ou seja, que ele acrescente a palavra domo daqui para frente.

GRATIDÃO

O mesmo sentimento de gratidão, transmitido na música Arigatô Brasil, também é sentido pelo cantor e compositor Joe Hirata, perante a equipe que atuou nas gravações do videoclipe.

Hirata exaltou os agradecimentos a todos os que contribuíram pela concretização do projeto especial, que homenageia os imigrantes japoneses, pela sua contribuição ao crescimento e desenvolvimento do Brasil e aos próprios brasileiros, que os receberam de braços abertos.

Durante as gravações de Arigatô Brasil, Hirata afirmou ter notado a existência de muitos talentos nos grupos da comunidade e em diversos segmentos, todos com o mesmo objetivo de honrar sua tradição, a descendência e levar a cultura japonesa para mais pessoas.

– São vários talentos seguindo individualmente, como se fossem um barquinho. Mas a comunidade é muito grande e quando se junta, como no clipe, esse barco vira um transatlântico. Então se eu tivesse feito sozinho, não daria o mesmo impacto que foi com todos – exaltou Joe Hirata.

Para o artista, a união dos quase 2 milhões de nikkeis existentes no Brasil, pode fazer com que a comunidade se fortaleça cada vez mais no decorrer dos anos:

– A comunidade é isso. Quando se junta, pelo mesmo objetivo, consegue fazer coisas grandiosas. Daqui para frente, acho que é muito importante nos unirmos mais e mostrarmos que, juntos, a gente consegue chegar muito mais longe – finalizou.

PARA CANTAR NO KARAOKÊ

A partir do mês de agosto, a música tema das festividades pelos 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil, Arigatô Brasil, será disponibilizada para as empresas de karaokê.

A canção já foi letrada nas configurações dos aparelhos de karaokê para que o público possa buscar pela música e cantar à vontade.

Também está nos planos, a produção de um DVD em formato institucional com as três versões, português, japonês e karaokê, em mídia física.

Este material será distribuído para as associações nipo-brasileiras, cadastradas ao Bunkyo, para que tenham a música tema das comemorações dos 110 anos de imigração japonesa no Brasil como registro.

Assista ao videoclipe de Arigatô Brasil, interpretada por Joe Hirata:

Comentários