Yomitai – Estação Multimídia

Notícias

07.05.22

Museu Zard resgata registros inéditos de Izumi Sakai para exposição no Japão

Os fãs Zard não perdem por esperar pelo Museu Zard, uma exposição marcada para os dias 10, 11 e 12 de junho, em Osaka, no Japão, em homenagem ao grupo de música pop japonesa, que fez grande sucesso na década de 1990 e que foi interrompido após a trágica morte de Izumi Sakai, em maio de 2007.

O evento inclui uma série de exibições com imagens gravadas em Nova Iorque, na Costa Oeste dos Estados Unidos e em Sidney, entre os anos de 1996 e 1998, com aproximadamente 30 minutos de duração.

O público poderá ver as composições, os figurinos, fotografias inéditas das primeiras aparições públicas do grupo e imagens em tamanho real de Izumi Sakai, a partir de inúmeros arquivos resgatados e selecionados especialmente para esta exposição, considerada a maior de todos os tempos.

Além do acervo fotográfico, os visitantes poderão acessar a cabine de gravação utilizada pela cantora, para registrar as obras musicais de Zard, incluindo multi-tapes e fitas demo jamais vistas anteriormente. Outro destaque da exposição é a presença de um Jaguar Mark 2, carro que Izumi Sakai pilotou na gravação do clipe de Iki Mo Dekinai, o 24º single lançado pelo grupo.

Izumi Sakai era o principal nome do grupo Zard. A cantora tomou gosto pela música aos 6 anos de idade, quando começou a tocar piano. Na fase adulta, integrou-se a uma agência de modelos, quando conheceu o produtor musical Daiko Nagato, quem reconheceu o talento da artista e formou o grupo com o qual se tornou nacionalmente conhecida.

A estreia de Zard ocorreu em 1991, com Goodbye My Loneliness, e a trajetória do grupo soma 45 singles, 21 álbuns lançados e mais de 19 milhões de cópias vendidas, alcançando ótimas posições no ranking da Oricon, a principal parada de sucessos do Japão.

Izumi lutava contra vários problemas uterinos, quando descobriu um câncer no colo do útero, em 2006. Após um período de tratamento, a cantora apresentou boa melhora, mas, em 2007, seu câncer se espalhou para os pulmões, fazendo com que retornasse ao hospital para novos tratamentos.

Sua morte ocorreu de forma inesperada, em 27 de maio de 2007, quando Izumi sofreu um acidente ao cair na saída de emergência do hospital onde realizava a quimioterapia. De acordo com o laudo, a inclinação do piso estava escorregadia, por conta da chuva que havia caído no dia anterior. Na ocasião, a cantora foi encaminhada imediatamente para a sala de emergência com traumatismo craniano, mas não resistiu.

Clique aqui e confira detalhes sobre o Museu Zard.

Comentários