Yomitai – Estação Multimídia

Notícias

06.05.20

Movimento Água no Feijão reúne voluntários para levar alimento à comunidades carentes

No final do mês de abril, um grupo de voluntários nikkeis, liderados pela chef Telma Shiraishi, do restaurante Aizomê, deu início ao “Movimento Água no Feijão”, uma ação em prol de comunidades da periferia de São Paulo e de trabalhadores informais, em condição de extrema pobreza.

O projeto visa produzir e entregar marmitas à população carente, além de beneficiar toda a cadeia de produção dos alimentos, o que mantem o pagamento de cozinheiros, ajudantes, transportadores e pequenos fornecedores. A ação visa beneficiar comunidades selecionadas com 200 marmitas diárias, durante 30 dias.

Além da Embaixadora da Boa Vontade da Culinária Japonesa, a chef Telma Shiraishi, a ação envolve entidades como JCI Brasil-Japão, Abeuni, ABJICA, KIF Brazil, Comissão de Jovens do Bunkyo, Aliança Cultural Brasil-Japão e Asebex.

Veja como contribuir com o Movimento Água no Feijão:

Doador Bom Apetite: 2 marmitas = R$ 16,00
Doador Bom de Garfo: 5 marmitas = R$ 40,00
Doador Barriga Cheia: 10+ marmitas = R$ 80,00 ou mais
Doador Sem Cerimônia: 20+ marmitas = R$ 160,00 ou mais
Doador Mão na Massa: 30+ marmitas = R$ 240,00 ou mais
Padrinho ou Madrina do Água no Feijão 100+ marmitas = R$ 800,00 ou mais
Empresa Parceria do Água no Feijão: R$ 1.600,00 ou mais, 200+ marmitas, proporcionando 1 dia sem fome para 200 beneficiados.

Os valores sugeridos são baseados no custo total de cada marmita, estimado em R$ 8,00 e inclui pagamento de serviços, embalagens e insumos. O projeto visa alimentar pessoas de maneira sustentável, com 200 marmitas por dia, durante 30 dias. Porém, caso a quarentena for prorrogada, o movimento será mantido por mais 1 ou 2 meses.

Doações pelo hotsite, via paypal: https://www.aguanofeijao.org.br/shop
Para doações via transferência bancária ou doação de insumos, embalagens ou outros materiais, entre em contato por e-mail: contato@aguanofeijao.org.br

Comentários