Yomitai – Estação Multimídia

Notícias

31.03.22

Shinji Aoyama, autor de “Eureka”, morre aos 57 anos

O cinema japonês perdeu mais um de seus representantes, com a morte do diretor Shinji Aoyama, no dia 21 de março, vítima de um câncer no esôfago, diagnosticado no ano passado. Ele estava internado em um hospital localizado em Tóquio, quando faleceu aos 57 anos.

Uma das mais representativas obras de Aoyama foi “Eureka”, que conta a história dos sobreviventes de um sequestro de ônibus. Em 2000, o filme foi premiado pela Federação Internacional de Críticos de Cinema, no Festival de Cannes.

Anos depois, em 2007, o “Eureka” ganhou uma sequência com “Sad Vacation” e foi apresentado no Festival Internacional de Veneza.

Além de obter reconhecimento no cinema, Shinji Aoyama também se destacou como escritor, após publicar o romance do seu primeiro filme e ganhar o prêmio Yukio Mishima, criado em homenagem ao autor pela editora Shinchōsha, responsável pela publicação de grande parte dos livros de Mishima.

Os últimos trabalhos realizados por Aoyama foram “Tomogui” (Backwater) de 2013, baseado em um romance escrito por Shinya Tanaka, além de seu primeiro longa-metragem intitulado “Sora ni Sumu” (Living in the Sky), de 2020.

Confira os trailers dos filmes de Shinji Aoyama: 

Eureka:

Tomogui:

Sora ni Sumu:

Comentários